segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

Reportagem de Roberto Cabrini. Ultimo vôo da Comissária Vera Helena - Chefe de Cabine da VARIG. 2005

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Exmos.e Nobres Senadores Paulo Paim, Flávio Arns, Rosalba Ciarlini e Álvaro Dias

Niterói, 13 de dezembro de 2010



Exmos. e Nobres Senadores Paulo Paim, Flávio Arns, Rosalba Ciarlini e Álvaro Dias.



Em primeiro lugar agradeço em meu nome e em nome de minha família a aprovação do Projeto de Lei do Exmo. Senador Paulo Paim que já passou em duas comissões do Senado. Já são então duas vitórias para todos nós que somos aposentados do AERUS VARIG.
Mas gostaria de ter mais informações dos nobres senadores que nas duas comissões aprovaram o Projeto de Lei do Exmo.Senador Paulo Paim.
A partir destas duas aprovações o que virá adiante? Sou sabedor que ainda haverá uma nova análise do Projeto no Senado. Depois o mesmo deverá seguir para o Congresso e isto só ocorrerá no ano que vem após a volta do recesso parlamentar que deve começar a partir do dia 20 de dezembro de 2010.
Vamos dizer que tudo corra bem ( Espero e todos os Trabalhadores da VARIG esperam que isto venha acontecer ) e que o Projeto de Lei seja aprovado no Senado e na Câmara. Este Projeto de Lei autoriza o executivo a nos pagar. Ele não obriga. Será que chegando finalmente nas mãos da Presidente eleita Dilma Rousseff ela poderá vetar o mesmo e não autorizar mesmo que o Congresso e o Senado tenham feito isto? 
Porque pelo que se sabe este Projeto autoriza e não obriga.

Gostaria que Vsas. Excias. pudessem me fornecer, se possível, maiores explicações sobre o que vai acontecer daqui para frente com a aprovação nas duas comissões do Senado deste Projeto de Lei. Ele pode correr o risco de não ser aprovado no Congresso Nacional ou então sofrer muitas modificações que o descaracterize e também demorar a ser colocado na Pauta, visto que deve haver outros Projetos de Lei para serem aprovados e que estão na frente deste que nos beneficia.

Então Nobres e Exmos. Senadores fico no aguardo de respostas de Vsas. Excias.

Desde já agradeço em muito aos Nobres e Exmos. Senadores que conseguiram aprovar em pouco tempo este importante Projeto de Lei do Exmo. Senador Paulo Paim.

Aproveito o ensejo para enviar para Vsas. Excias.,


Cordiais Saudações!


Atenciosamente,
Comissário Aposentado Varig Paulo Resende.
José Paulo de Resende.
Itaipu - Niterói - Rio de Janeiro

Confraternização de final de ano dos Variguianos. 12 de Dezembro de 2010

domingo, 12 de dezembro de 2010

Aerus Varig: 4 anos e 8 meses sem solução. Coluna de Claudio Humberto. 11 de dezembro de 2010

Aerus Varig: 4 anos e 8 meses sem solução



Amanhã, caro e prezado CH, vai fazer 4 anos e 8 meses que o caso Aerus Varig está sem solução. Mais um ano se finda e nada a favor dos funcionários da Varig. A justiça social, tão apregoada pelo senhor Lula, passou longe de todos nós. E pelo andar da carruagem vai continuar a passar longe no governo desta senhora chamada Dilma Rousseff. O que nós temos é A Injustiça Social. Nada de julgamento no STF do Processo da Defasagem Tarifária devida para a Varig. O governo do senhor Lula termina deixando trabalhadores da VARIG e seus familiares na rua da miséria. Nunca antes na história deste país trabalhadores foram tão sacaneados.
José Paulo de Resende. 
Niterói - RJ

quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

Comissão questiona processo de Recuperação Judicial da VARIG.

COMISSÃO QUESTIONA PROCESSO DE RECUPERAÇÃO JUDICIAL DA VARIG

O processo de recuperação judicial da Varig foi questionado por membros da Procuradoria Geral da Fazenda e representantes dos trabalhadores da empresa, durante a primeira audiência pública realizada pela Comissão Especial de Acompanhamento do Processo de Falência da Varig, presidida pelo deputado Paulo Ramos (PDT). Na reunião, que aconteceu nesta quinta-feira (09/12), o parlamentar afirmou que os maiores prejudicados no processo foram os trabalhadores. “Fiquei muito preocupado com o que ouvi hoje. O que aconteceu foi uma orquestração que gerou prejuízo para o Estado e, principalmente, para os funcionários da Varig”, declarou.

Para o procurador regional de Fazenda José Pedro Horta, o processo de recuperação judicial da Varig, que teve início em 2006, não poderia ter acontecido sem a quitação das dívidas tributárias da companhia. “A Varig tem R$ 6 bilhões em dívidas com a União, e é a maior devedora do Brasil. No nosso entendimento, o processo de recuperação judicial não poderia ter começado sem a quitação destes débitos”, afirmou. Segundo Horta, recursos da Procuradoria em relação a este processo estão até hoje aguardando julgamento no Superior Tribunal de Justiça.

Presidente da Associação de Pilotos da Varig, o comandante Elnio Borges fez um relato das dificuldades pelas quais estão passando ex-funcionários da empresa, que não receberam a rescisão de contrato, entre outros acordos firmados no processo e não cumpridos. A associação defende que a empresa compradora da Varig, atual operadora das rotas da companhia, assuma estas dívidas com o Estado e os trabalhadores. “Somos vítimas da maior fraude trabalhista da história do Brasil. Mas vamos continuar lutando para reverter este quadro”, defendeu. Segundo Borges, cerca de 50 mil pessoas, entre trabalhadores e seus familiares, foram prejudicados pela falência da Varig. Na época do processo, os administradores garantiram a recontratação dos funcionários pela nova empresa, o que não aconteceu.

O deputado Flávio Bolsonaro (PP), que é o relator da comissão, afirmou que será feito o possível para tentar reverter esta situação, principalmente em favor dos trabalhadores da companhia. “Fica esta suspeita no ar, de que houve um favorecimento às pessoas que faliram e venderam a Varig, fazendo com que a União e os funcionários ficassem a ver navios”, afirmou. Na audiência esteve presente também o deputado Caetano Amado (PR), que foi integrante da CPI da Varig, realizada na Casa em 2007.

(texto de André Coelho)

Comissão do Senado aprova solução de impasse entre a União e o Fundo AERUS.


Comissão do Senado aprova solução de impasse entre a União e o Fundo Aerus


Abaixo, duas notícias sobre o drama dos participantes do Instituto AERUSde Seguridade Social - a primeira, da Agência Senado, a segunda, da Folha online:

A situação de aposentados e pensionistas do fundo de pensão Instituto Aerus de Seguridade Social, que estão sem receber os benefícios em razão da quebra de empresas aéreas, poderá ser resolvida. A Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) aprovou nesta quarta-feira (8) proposta que autoriza empresas em falência a priorizar o pagamento de aposentadorias e pensões relativas a planos de benefício de entidades fechadas de previdência complementar quando receberem créditos por ações ajuizadas contra a União.
Senador Flávio Arns/PSDB-PR. Foto: Leopoldo Silva/Agência Senado
O texto aprovado na CCJ é um substitutivo do senador Flávio Arns (PSDB-PR) ao projeto original do senador Paulo Paim (PT-RS) e altera a Lei de Recuperação de Empresas (Lei 11.101/2005). Ele autoriza a Advocacia-Geral da União, a Superintendência de Previdência Complementar (Previc), as empresas aéreas e o Instituto Aerus a negociarem diversos aspectos jurídicos e judiciais na tentativa de resolver o problema.
Além disso, a proposta também cria uma espécie de fundo de resseguro destinado a complementar benefícios aos participantes e assistidos de fundos de pensão, a ser mantido por contribuições de entidades participantes por parte da arrecadação da Taxa de Fiscalização e Controle da Previdência Complementar e por multas aplicadas pela Previc. A próxima comissão a avaliar o projeto é a de Assuntos Sociais do Senado.

Para facilitar a coordenação e a solução mais rápida dos problemas judiciais, o projeto ainda prevê negociação da União com entidades de classe, como sindicatos, e não diretamente com os assistidos de fundos de pensão, como propõe o texto inicial do senador Paim. A proposta, agora, será enviada à Comissão de Assuntos Econômicos (CAE), onde receberá decisão terminativa.*
O relator da proposta (PLS 147/2010), senador Alvaro Dias (PSDB-PR), explicou que aAerus é uma entidade fechada de previdência complementar responsável pela complementação das aposentadorias e pensões de ex-empregados de empresas como Varig (que foi sua maior patrocinadora), Transbrasil e Vasp. O projeto aprovado pela CCJ atinge a União, as empresas aéreas em processo de falência ou recuperação judicial e os empregados demitidos e aposentados prejudicados com a liquidação extrajudicial do Aerus e do Aeros - Fundo de Previdência Complementar.
Evolução
Em seu relatório aprovado na CAS, o senador Flávio Arns explicou a evolução do processo que culminou na interrupção do pagamento dos aposentados do Aerus. Segundo o senador, a situação financeira da Varig provocou o corte dos repasses da empresa área para o fundo, que foi levado a realizar várias negociações para controlar a dívida e buscar garantias para pagamento dos benefícios. Após diversas renovações dos contratos da dívida, a Varig não teve mais condições de honrar os acordos, explicou.
Mais de uma vez, o fundo passou pelo regime de intervenção da Secretaria de Previdência Complementar (SPC), antecessora da atual Previc. Porém os problemas não foram resolvidos. O Sindicato Nacional dos Aeronautas e Aeroviários ajuizou ação civil pública na Justiça Federal cobrando indenização por parte da União com base na alegação de que a SPC havia aprovado acordos indevidos entre o Aerus e a Varig.
A Varig também ajuizou uma ação para obter indenização relativa a perdas que a empresa alega ter sofrido em virtude do controle de preços durante o governo de José Sarney. Os valores da indenização foram dados em garantia ao Aerus para quitação dos seus débitos.
Assim, o relatório destaca a existência de um impasse: enquanto não houver decisão sobre a indenização a ser paga à Varig pela União, não haverá qualquer possibilidade de retomada dos pagamentos dos aposentados do Aerus. Grupo de trabalho instituído pelo governo federal, em 2009, coordenado pelo então advogado-geral da União, José Antonio Dias Toffoli, para negociar a questão, também não conseguiu acordo entre a União, a Varig e o Aerus.
Várias reuniões foram realizadas no Senado para buscar o entendimento político. Dessas reuniões, evidenciou-se que a solução deveria passar pelo processo legislativo e foi então o que buscou Paim com esse projeto.
Iara Farias Borges e Denise Costa/Agência Senado, 08-12-2010, 14h31

* Decisão terminativa: 
É aquela tomada por uma comissão, com valor de uma decisão do Senado. Quando tramita terminativamente, o projeto não vai a Plenário: dependendo do tipo de matéria e do resultado da votação, ele é enviado diretamente à Câmara dos Deputados, encaminhado à sanção, promulgado ou arquivado. Ele somente será votado pelo Plenário do Senado se recurso com esse objetivo, assinado por pelo menos nove senadores, for apresentado à Mesa. Após a votação do parecer da comissão, o prazo para a interposição de recurso para a apreciação da matéria no Plenário do Senado é de cinco dias úteis.


Comissão do Senado aprova indenização para aposentados da Varig
A CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) do Senado aprovou nesta quarta-feira projeto que autoriza a União a indenizar os aposentados e pensionistas dos fundos de pensão Aerus, da Varig. O texto afirma que as empresas em falência devem priorizar o pagamento de dívidas com seu fundo de pensão antes de outros débitos a serem quitados - nos casos daquelas que têm ações ajuizadas contra a União se optarem pela via da negociação.
Com a aprovação na CCJ, o texto segue para análise da CAE (Comissão de Assuntos Econômicos) do Senado.
O projeto autoriza a AGU (Advocacia Geral da União), as empresas aéreas, Previc (Superintendência de Previdência Complementar) e o Instituto Aerus a negociarem suas dívidas. O projeto sugere a criação de um Fundo Garantidor de Emergência para complementar benefícios aos participantes e assistidos de fundos de pensão.
A receita do fundo viria de parcela das contribuições de entidades, participantes, e parte da arrecadação da taxa de fiscalização e controle da previdência complementar - além de multas aplicadas pela Previc.
"O governo promete e não cumpre. Assume compromissos e não honra", afirmou o senador Álvaro Dias (PSDB-SP) ao defender o pagamento dos aposentados.
Para facilitar as negociações, o projeto sugere que a União dialogue diretamente com as entidades de classe, e não com os beneficiários, para agilizar os pagamentos.
O Aerus é o fundo de pensão da antiga Varig que administrava dois planos de previdência complementar dos funcionários da empresa aérea e outros 27 planos de empresas e entidades ligadas ao setor de aviação.
"Existe um impasse: enquanto não houver decisão sobre o a indenização a ser paga à Varig pela União, não haverá qualquer possibilidade de retomada dos pagamentos dos aposentados do Aerus. Como a tentativa de decisão liminar interposta pelo sindicato nacional dos aeroviários contra a União não foi bem sucedida, a tendência era que o caso fosse submetido aos trâmites normais da Justiça, o que poderia levar anos", afirmou o senador Paulo Paim (PT-RS) ao defender a aprovação do projeto.
Gabriela Guerreiro, Folha online, 08-12-2010, 20h52

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Exmos. Ministros do Supremo Tribunal Federal. Muito obrigado

Niterói, 29 de novembro de 2010


Exmos. Ministros do Supremo Tribunal Federal.


O ano de 2010 está findando. Falta muito pouco para o mesmo terminar por isto estou agradecendo a todos os Exmos. Ministros do Supremo Tribunal Federal por não terem colocado na pauta de Julgamento do STF o Processo da Defasagem Tarifária devida para a VARIG. Este processo já dura aproximadamente 18 anos.
A não colocação do mesmo em julgamento deixa mais uma vez todos os Trabalhadores da VARIG e seus respectivos familiares decepcionados e muitos tristes.

Mas isto é um mero detalhe não é Exmos. Ministros do Supremo Tribunal Federal?

Os Senhores e Senhoras terão mais um Natal e Final de ano com a mesa farta e muitos presentes em volta da Árvore de Natal.
Nós, trabalhadores da Varig, teremos mais uma vez um Natal e um Final de Ano com mesas simples ( E devemos dar graças a Deus por isto ) e lembrancinhas para darmos aos nosso familiares.
E além disto teremos a nossa dignidade mais uma vez jogada no lixo.

Com tudo isto, eu Paulo Resende - Comissário Aposentado Varig, e minha família desejamos para Vsas. Excias. e vossos familiares.

UM FELIZ NATAL E UM MAJESTOSO ANO NOVO DE 2011!

PS: Nós trabalhadores da VARIG vamos nos contentar com mais um ano findo sem ver o nosso grave e delicado problema AERUS VARIG Resolvido.


Atenciosamente,
Comissário Aposentado Varig Paulo Resende.
José Paulo de Resende.
Itaipu - Niterói - Rio de Janeiro

domingo, 28 de novembro de 2010

Só quero compreender por Claudia Vasconcelos. Comissária Aposentada Varig

quinta-feira, 25 de novembro de 2010


SÓ QUERO COMPREENDER

Para além da guerra iniciada pelos narcotraficantes existe a “nossa” guerra, a guerra pelos direitos perdidos com a intervenção federal no Aerus, em abril de 2006. Nesse período, temos tido baixas e mais baixas em nosso front, nossos colegas morrendo de angústia, cânceres de amargura, depressão por tristeza profunda etc, pois fomos largados à própria sorte (ou seria azar?). Os proventos de tantos milhares foram decepados pelas mãos afoitas de um Governo insensível e com dentes de tubarão faminto. Levaram nossas expectativas de uma aposentadoria serena e nos transformaram em sonâmbulos de escadarias palacianas, pedintes daquilo que nos é de direito por lei. Contribuímos, acreditamos, trabalhamos por isso. Por isso, não poderia me furtar de citar notícias recentes, convenientemente abafadas pelos tristes acontecimentos recentes no Rio de Janeiro- cidade que ostentava o “VARIG” estampado em luzes neon no alto do prédio em um dos cartões postais da cidade maravilhosa -, o Banco Pan Americano, do empresário risonho Silvio Santos, e suas tramóias. Foi com espanto que li a reportagem do jornal O Globo de 19/10/2010 “Fundos de pensão adotam cautela com o setor”, ali ficou claro porque o Pan Americano era o queridinho dos gestores de fundações: ora veja, a tal “instituição financeira era, até três semanas atrás, a queridinha dos gestores de investimentos, que compravam ações do banco para montar o portfólio dos fundos de previdência. Nos corredores do 31º Congresso Brasileiro dos Fundos de Pensão, em Olinda (PE), realizado pela ABRAPP, o comentário é sobre “dar um tempo” no banco para ver o desenrolar da situação. Os papéis do Pan Americano fazem parte da carteira de vários fundos de pensão patrocinados por empresas que oferecem planos de previdência aos seus funcionários. Segundo um executivo que participa do evento, o Pan Americano sempre era um dos primeiros bancos a serem lembrados na hora de se escolher uma empresa do setor financeiro para a carteira.”


Considerando que Silvio Santos fez uma visita ao presidente Lula no mês de setembro e declarou que o fizera para pedir contribuição para seu programa Teleton (de ajuda aos necessitados?), e quando tudo veio à tona declarou com desfaçatez que colocaria seu patrimônio como aval do empréstimo de R$2,5 bilhões, fica a pergunta que não quer calar: Por que o Governo autorizou tal empréstimo a uma instituição financeira sabidamente fraudulenta e se recusou a ajudar a Varig quando esta “voava” nas asas da quase falência?

Só quero compreender.

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Deus lhe pague senhor Odilon Junqueira! Ex.presidente do Fundo de Pensão Aerus Varig. CPI da Varig 2007 Alerj

Mais um ano está indo embora. Nada x nada para solucionar o terrível drama porque passam os trabalhadores da Varig. Por Paulo Resende

Niterói, 25 de novembro de 2010

Mas um ano está indo embora. Nada x nada para solucionar o terrível drama porque passam os trabalhadores da VARIG.


Mais um ano está indo embora. Infelizmente, mais uma vez, nada x nada para solucionar o terrível drama porque passam os trabalhadores da Varig. Não há vontade de se fazer isto.  Os Exmos.Ministros do Supremo Tribunal continuam a saber que este terrível drama está vivo e forte, mas continuam a deixar para depois o julgamento do processo da defasagem tarifária devida para a companhia Varig. Processo este que dura há mais de 18 anos. A relatora do processo, Exma. Ministra Cármen Lúcia, continua com o mesmo em suas mãos e não o coloca em julgamento.  Pelo que se sabe até agora não há data para o julgamento do mesmo.
Final de mais um ano. O tempo está passando e nada acontece.
Ministros já se pronunciaram dizendo que este caso é Social, mas continuamos em compasso de espera. Vidas de trabalhadores da Varig estão sendo ceifadas por este terrível drama, mas isto não importa. 
Por parte deste governo, que tanto fala em justiça social, nada é feito. Fazem ouvidos de moucos para as súplicas e pedidos destes trabalhadores. Trabalhadores que cumpriram a sua missão correta e honestamente durante anos a fio, mas que para este governo e também para as pessoas que possuem o poder em suas mãos para resolver este impasse isto é apenas um mero detalhe.
Vejo nas ruas, com a aproximação das festas Natalinas e de final de ano, pessoas pesquisando e comprando, mas para nós resta apenas saber que vamos continuar a passar por privações e mais privações. Nossas mesas de Natal e de final de ano não terão o brilho que tiveram há mais de 4 anos atrás.

Não que isto seja o mais importante nesta época. O mais importante é o Renascimento de Nosso Senhor Jesus Cristo. Isto é o mais importante. Mas não poderia deixar de citar esta parte da grande festa da Cristandade porque também faz parte do contexto desta grande festa. 
Quem não gosta de dar um presente para um familiar, para um neto, para seus filhos? Quem não gosta? Principalmente porque estes milhares de homens e mulheres, que hoje se encontram em uma situação difícil para não dizer desesperadora, trabalharam honesta e dignamente durante muitos anos para poderem ter o direito agora de usufruir de tudo aquilo pelo qual lutaram durante muitos anos de trabalho.

Infelizmente e desgraçadamente estamos colocados no limbo e esquecidos completamente. Não há interesse de se resolver este impasse que já dura há anos.
Me pergunto: Porque não se coloca em julgamento este processo importante? Não há interesse? Não há vontade política? Ou será apenas mais uma forma cruel de Tortura para com estes milhares de Trabalhadores?
Pessoas que hoje compõe este governo lutaram por liberdade e justiça há anos atrás e também sofreram as mais torpes torturas, mas parece que os mesmos, ao chegarem ao poder há quase 8 anos atrás, se esqueceram que liberdade e justiça também se faz com respeito ao próximo. Gostam de torturar pessoas assim como seus algozes fizeram há anos atrás com eles.
Estão repetindo a mesma história de anos atrás com uma só diferença agora. Torturam e destroem a vida de seres humanos sem dar um tapa siquer. Destruiram e continuam a destruir a vida destes trabalhadores apenas por prazer!
TORTURA PSICOLÓGICA E CRUEL!

Assinado: Comissário Aposentado Varig Paulo Resende
José Paulo de Resende.
Itaipu - Niterói - Rio de Janeiro

terça-feira, 23 de novembro de 2010

Varig a Grande Varig.

CTO VARIG - Paulo Mauricio e Sofia Rossi. Homenagem para a Varig e para seus trabalhadores

Aviões Varig. decolando, pousando, arremetendo e voando. Varig a Grande Varig

Deputado contra aposentados do AERUS VARIG. Coluna Bronca Geral de Claudio Humberto.Hoje dia 23 de novembro de 2010

23/11/2010 | 13:08

Deputado contra aposentados do Aerus Varig



Caro CH um deputado chamado Anibal Gomes, do PMDB-CE (só podia ser mesmo do partido da boquinha), acabou de vez com as esperanças de que um dia os aposentados e pensionistas, fora o pessoal demitido da Varig, recebam o que lhes é devido e de direito. Este senhor, se posso chamar o mesmo de senhor, fez a parte dele no jogo imposto por este governo que até hoje pouco se importou ou se importa com trabalhadores honestos e dignos. Este deputado terá o dia dele quando chegar a hora. Ele isto terá caro CH. Deus está de olho nesta gente que diz representar o Povo antes de se eleger, mas quando chega no Congresso vira a cara para o próprio Povo que o ajudou a se eleger. Pessoal do Ceará muito cuidado com este deputado chamado Anibal Gomes do PMDB -CE. Um traíra dos Aposentados do Aerus Varig e também um traíra dos Aposentados que possuem Previdência Privada. Todo o cuidado é pouco com este deputado.
José Paulo de Resende 
Niterói - RJ

sábado, 13 de novembro de 2010

A data maior da CRISTANDADE e o sofrimento de todos os trabalhadores da VARIG

Niterói, 13 de novembro de 2010







A data maior da CRISTANDADE ( Renascimento de Nosso Senhor Jesus Cristo ) novamente está se aproximando. Uma data bela e tocante onde os homens de boa vontade comemoram e se regozijam com o Renascimento daquele que morreu na Cruz para nos salvar. Jesus Cristo.


Jesus Cristo está presente sempre em nossas vidas, mas neste dia 25 de dezembro de 2010 novamente Ele e sua luz estarão presentes em todos os lares dos Brasileiros e do Mundo. Todos no mundo inteiro, independente de raça, credo ou religião estarão irmanados na espera do Renascimento de CRISTO.


Crianças do Mundo Inteiro estarão neste dia também esperando pelo Renascimento de Jesus e também esperando seus presentes colocados aos pés da Árvore de Natal ou nos sapatinhos colocados nas janelas ( tradição milenar ).


Lógico que há milhões de crianças que não poderão ter os seus presentes neste belo dia e aí entra a solidariedade de milhões de pessoas que neste dia excepcional acabam dando de livre e espontânea vontade presentes para os menos afurtunados.






Nós, trabalhadores da VARIG, também estaremos unidos em nossos lares esperando , além da vinda novamente do Salvador a terra numa simples e singela manjedoura, esperando que autoridades brasileiras possam nos dar neste dia ou até antes a tão almejada dignidade que nos foi roubada de maneira vil e cruel desde o dia 12 de abril de 2006 ( Intervenção e Liquidação dos Planos I e II da Varig no Fundo de Pensão Aerus ).


Seria o fim de um sofrimento porque passam milhares de trabalhadores brasileiros e suas respectivas famílias desde este dia.






As vezes me pergunto e pergunto a Deus o que foi que nós, trabalhadores Varig, fizemos de errado? Porque o que se colocou em nossas vidas foi o que de mais cruel se pode colocar nas vidas de pessoas simples e honestas que o único erro ( se posso assim dizer erro ) foi ter trabalhado honestamente durantes anos para levar o nome do Brasil e a Bandeira Brasileira aos quatros cantos do Mundo pelas asas da Grande e Saudosa Varig.


As vezes me lembro do grande mal que Hitler causou aos judeus na segunda guerra mundial ( O holocausto foi algo terrível que existiu - extermínio em massa de 6 milhões de Judeus ), as vezes também me lembro das atrocidades cometidas por ditadores sanguinários que comandaram e ainda comandam países africanos.


Nós também estamos sendo exterminados aos poucos por este governo que aí está ( 400 dos nossos já faleceram nestes 4 anos e 7 meses sem verem suas vidas e dignidade de volta ). Não há por parte de nenhuma autoridade, que pertence a este governo, dito dos trabalhadores, sensibilidade ou disposição para resolver esta tão dificil questão. Os mesmos resolveram por conta própria, por raiva ou sei lá o que acabar com uma das maiores empresas aéreas que este País já teve e para isto levaram, sem escrúpulos nenhum, para a rua da amargura e miséria milhares de homens e mulheres e suas respectivas famílias.


Não há na história trabalhista brasileira nenhum fato que me vem a memória tão igual a este ato infame e covarde cometido a trabalhadores brasileiros ( trabalhadores da VARIG ) por um governo que grita aos quatro cantos do Brasil e do Mundo que é um dos melhores governos que o País já teve. São infames e covardes todos os representantes deste governo. Simplesmente levaram de roldão e para a beira do pricipício a vida de milhares de pessoas.


Mesmo depois de pedidos e mais pedidos, através cartas, emails, passeatas e manifestações, para que o Problema do Aerus Varig fosse resolvido continuam de olhos e ouvidos tapados achando que este grave problema não lhes pertence e que todos nós somos descartáveis.






O processo da Defasagem Tarifária devido para a Companhia VARIG pode resolver todos os problemas destes trabalhadores ( ativos, aposentados e pensionistas ), se for julgado pelos Ministros do STF a favor da Varig. Mas o mesmo está parado dentro do STF. Lá se encontra este processo que não anda, mas os Exmos. Ministros, desta que é a maior côrte do Pais ( Supremo Tribunal Federal ), são sabedores há muito tempo dos graves e sérios problemas porque passam todos os trabalhadores da VARIG mas continuam sem colocar o Processo em julgamento .


Lembro de que o Ex.Presidente do STF, Exmo. Ministro Gilmar Mendes, disse em 19 de dezembro de 2008, antes dos Ministros do STF entrarem em férias naquele ano, que o problema do AERUS VARIG era social. Infelizmente já se passaram quase 2 anos e nada foi feito ou resolvido.






Este sofrimento e esta dor que ultrapassa as raias do absurdo continuam e não temos nenhuma esperança que este ano ainda possamos ver a luz no fim do túnel interminável que este governo, dito dos trabalhadores, nos meteu.






Resta a mim mais uma vez solicitar aos dignos parlamentares, que sempre estiveram ao nosso lado, que intercedam novamente por todos nós perante aos Exmos. Ministros do STF. Que usem a tribuna do Parlamento e digam a estes Exmos. Ministros que não há mais tempo para esperar ( 4 anos e 7 meses são poucos ? ) e não tornem mais dificil do que está sendo a vida destes milhares de homens e mulheres que trabalharam na VARIG e hoje padecem por um crime hediondo cometido por este governo que aí está contra todos eles.


Pedir para que estes dignos parlamentares intercedam junto ao governo creio que não adianta mais nada.


Não há por parte dos representantes deste governo sensibilidade alguma e respeito pelo próximo. O que peço novamente e encarecidamente para estes dignos parlamentares ( são poucos infelizmente, mas sempre procuraram nos ajudar ) intercedam por nós mais uma vez perante aos Exmos. Ministros do STF.






Não há mais tempo para esperar. Quantos mais terão que padecer e quantos mais terão que falecer para que o caso AERUS VARIG seja resolvido senhores?


Será que 400 falecimentos é um número pequeno nestes 4 anos e 7 meses de sofrimento e dor imposto por este governo desumano e cruel?


Será que a vida de milhares de pessoas, jogadas ao chão, não vale nada? Que governo é este que deixa a mingá milhares de trabalhadores? Isto não é um governo isto é um grupo desumano de pessoas que pouco se importam com a vida do próximo.


É este o Brasil que queremos para os nossos filhos e netos Exmos. e Dignos parlamentares que nos apoiam e nos ajudam até hoje?


Porque a Mídia brasileira pouco se importa com estes milhares de trabalhadores?






Espero que esta mensagem seja lida por alguns dos nobres parlamentares no Congresso Nacional.


Jesus Cristo irá renascer no dia 25 de dezembro de 2010. O Salvador virá novamente a terra. Os trabalhadores da Varig irão, a sua maneira, comemorar a vinda do Salvador, mas não terão nas suas mesas e em seus lares a dignidade que a maioria do Povo Brasileiro possui. A mesma foi nos tirada de forma vil e cruel.


Somos Brasileiros também e merecemos o mínimo de respeito.






Não estamos pedindo nada que não temos direito. Pagamos um Fundo de Pensão durantes anos e por isto queremos que nos voltem a pagar o que temos direito.


Nenhum de nós cometeu algo de errado. Nenhum de nós roubamos ou falcatruamos. Muito pelo contrário todos nós trabalhamos anos a fio para termos nossas vidas dignas e decentes e aproveitar nossas aposentadorias.


Por isto queremos o que nos roubaram de maneira vil e cruel, de volta !






Aproveito o ensejo para pedir a todos os trabalhadores da VARIG ( Tanto ativos, aposentados e pensionistas ) que não esmoreçam. Continuemos a lutar pelos nossos direitos. Continuemos a lutar pela nossa dignidade que nos foi roubada de forma vil e cruel.


Jesus Cristo, O Salvador, renasce no dia 25 de Dezembro de 2010.


Que a vida de todos os Trabalhadores da VARIG e de todas as suas famílias renasçam neste dia também. AMÉM.






FELIZ NATAL PARA TODOS OS BRASILEIROS DIGNOS E HONESTOS!


FELIZ NATAL NO AMOR DE CRISTO PARA TODA A FAMÍLIA VARIG !






Atenciosamente,


Comissário Aposentado Varig Paulo Resende.


José Paulo de Resende.


Itaipu - Niterói - Rio de Janeiro.

sexta-feira, 12 de novembro de 2010

VARIG: 4 anos e 7 meses de sofrimento e dor.....COLUNA DE CLAUDIO HUMBERTO. Hoje dia 12 de novembro de 2010


12/11/2010

09:22


Varig: 4 anos e 7 meses de sofrimento e dor


4 anos e 7 meses completam hoje dia 12 de novembro de 2010 do sofrimento, penúria e grandes dificuldades financeiras porque passam os trabalhadores da Varig. Até hoje, desde o fatídico dia 12 de abril de 2006, nada foi feito para amenizar a dor e o sofrimento de milhares de homens e mulheres que souberam levar com garra e dedicação o nome do Brasil e a Bandeira Brasileira pelos quatro cantos do mundo pelas asas da Varig. Valorizando assim o nome do País. Quantos serviços prestados por estes milhares de homens e mulheres durante mais de 79 anos de vida da grande Varig foram jogados inteiramente no lixo?Isto tudo aconteceu porque infelimente o Governo do senhor Lula, mais dona Dilma, José Dirceu e outros menos votados do PT preferiram jogar na rua da amargura estes milhares de brasileiros e também preferiram colocar para fora do cenário da aviação civil brasileira uma das maiores empresas aéreas brasileiras. Verdadeiro Símbolo do Brasil. E ainda tem gente e como tem que diz que este é um dos maiores governos que o Brasil já teve. Piada de mal gosto só pode ser.


José Paulo de Resende


Niterói - RJ

quinta-feira, 11 de novembro de 2010

Presidente Lula o presidente que nunca soube de nada. Banco Panamericano e sua fraude financeira. Clip do Youtube.

Banco Panamericano: Lula não sabia de nada.......Coluna Claudio Humberto dia 10 de novembro de 2010. Bronca Geral


Banco Panamericano: Lula não sabia de nada...



Lula diz que não conversou com Sylvio Santos. Lula não devia saber de nada como sempre, mas Sylvio Santos e seu grupo estão sendo ajudados com a pequena quantia de 2, 5 bilhões de reais para não deixar o Banco Panamericano ir para o brejo. Muy pequena quantia não acham? Afinal de contas para banqueiros ( Proer na gestão FHC ) e grandes empresários tudo e mais alguma coisa. Afinal de contas eles merecem não acham? Foi assim com FHC e não poderia ser diferente com Lula e sua turminha do PT. Para esta gente ( pobre coitados não acham? ) tudo e mais um pouco, agora para dar um aumento no salário mínimo a turminha do PT diz que é preciso discutir no Congresso. Nunca há dinheiro suficiente para o Povo trabalhador, mas para socorrer grandes empresários (Silvio Santos vem aí... e vc otário vai pagar ) há esta montanha de dinheiro.


José Paulo de Resende


Niterói - RJ






Banco Panamericano: Lula não sabia de nada... II


Mas vamos esclarecer e colocar os pingos nos Is. Lula realmente deveria saber o que estava acontecendo, mas ficou caladinho com mais uma falcatrua financeira que ia estourar há 5 semanas atrás para eleger sua pupila que a partir de Janeiro vai cuidar muito bem do Sylvio Santos e de outros empresários brasileiros e também dos banqueiros que há mais de 8 anos o PT prestigia e ajuda.


José Paulo de Resende


Niterói - RJ


10/11/2010
19:35

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Um capítulo da novela Tititi e o grave problema dos Trabalhadores da Varig que sofrem há mais de 4 anos e quase 7 meses





Um capitulo da novela Tititi e o grave problema dos Trabalhadores da VARIG que sofrem há mais de 4 anos e quase 7 meses.

















Niterói, 10 de novembro de 2010.










Assistindo hoje um dos capítulos da novela Tititi pude ver que as novelas repetem e contam a sua maneira também os graves problemas da vida real.


A Ficção repete a Realidade.


Neste capitulo de hoje um dos personagens da novela usa de chantagem para obrigar a moça que teve um filho de seu filho a se casar com ele.


Este personagem chantagista força uma demissão em massa de uma Editora ,


a qual comprou, para pressionar a personagem ( moça ) a largar tudo e casar com seu filho.


Não importa se pessoas que trabalharam a vida inteira e precisam do seu emprego sejam demitidas ou colocadas no olho da rua. Os meios justificam o fim.






Pouco importa que pessoas sejam demitidas mas o importante é o resultado que tem que ser alcançado através de chantagens e de golpes baixos.






Escrevo isto inicialmente para dizer que o que fizeram com a VARIG e especialmente com seus trabalhadores foi, posso assim dizer, uma grande chantagem do governo petista para não dizer uma grande sujeira.


Fizeram de tudo para vender a Varig ( Parte boa ) num leilão ( 20 de julho de 2006 ) onde a mesma foi vendida por apenas 24 milhões de dolares para o Grupo Volo e depois ( nove meses depois ) revendida para o Grupo Gol por 320 milhões de dolares.


Tudo isto com o apoio e aquiescência do Governo Federal do senhor Lula incluindo aí, nesta transação de revenda para a Gol, seu cumpadre Advogado Roberto Teixeira e também incluindo a Ministra da Casa Civil Dilma Rousseff. Dona Denise Abreu ( Ex.Diretora da Anac ) queria contar tudo em Brasília sobre esta revenda da parte boa da Varig para o Grupo Gol, mas não chegou até o final de sua história.


Infelizmente a CPI do Caos Aéreo morreu cedo e os governista acabaram enterrando a mesma com a ajuda da oposição que se retirou da discussão e não levou a mesma adiante.






Criaram uma nova lei de falência e a Varig foi a cobaia desta nova lei. Esta lei, no


caso VARIG, foi chamada de Recuperação Judicial. Se passaram mais de 4 anos e até agora nada foi recuperado. A antiga Varig ( Rebatizada de Flex ) tentou se levantar mas até hoje o que se conseguiu foi um único avião arrendado que pouco saiu do chão e a própria Flex ( Antiga VARIG ) está agonizando.


O senhor Juiz Ayoub ( Responsável pela Tal Recuperação Judicial da VARIG) disse que a falência seria pior e que a venda em leilão da Varig foi positiva pois os funcionários demitidos quase nada receberiam em caso de falência, mas neste caso ( Recuperação Judicial ) ficou estipulado a quantia de até 150 salários mínimos ( 76.500,00 Reais ) como indenização aos mesmos.


Gostaria de saber se alguém que foi demitido e trabalhou durante anos para a empresa VARIG teria apenas como indenização somente estes 76.500,00 Reais para receber? Duvido muito. Quer dizer que os trabalhadores demitidos da Varig, em agosto de 2006, recebem apenas isto como indenização pelo muitos anos que trabalharam para empresa VARIG. Seria cômico senão fosse trágico.






Mas o senhor Juiz Ayoub acha bom tudo isto e sempre diz que a falência seria pior. Grande Juiz Ayoub......Grande Recuperação Judicial da VARIG. Tão grande que até hoje nada foi recuperado e os trabalhadores demitidos da VARIG estão com uma mão na frente e outra atrás.


Sem falar que suas poupanças feitas com parte descontada dos seus contra-cheques durante muitos anos para o Fundo de Pensão AERUS ( Que sofreu intervenção em 12 de abril de 2006 ) viraram pó.






Os aposentados e pensionistas do AERUS VARIG há mais de 4 anos e quase 7 meses passam por grandes dificuldades financeiras sem falar nos mais de 400 que já faleceram sem verem a situação do Fundo de Pensão AERUS VARIG resolvida.


A chantagem feita por um personagem da novela Tititi pode ser comparada a mesma chantagem feita pelo governo do senhor Lula e de sua turma do PT contra os trabalhadores da VARIG e contra as famílias dos mesmos.


A senhora Dilma, hoje eleita presidente, é uma que disse que queria encontrar uma solução para a Varig, mas que dinheiro público não seria colocado na VARIG. Mordeu e assoprou dizendo isto. Que solução a senhora Dilma quis encontrar para a VARIG se não poderia entrar dinheiro público nesta solução? Muita falação e pouca ação. Muito bla...bla...bla por parte do Governo Lula em relação a Venda da VARIG e mais nada.


Queriam mesmo que ela saisse do cenário da Aviação Civil Brasileira e ponto final.






Atualmente o Banco Panamericano, do Empresário Sylvio Santos, está sendo salvo com a quantia de 2,5 bilhões de reais e o presidente Lula, lá de Moçambique, diz que não conversou isto com o empresário Sylvio Santos. Me engana que eu gosto.






E dizer que a Varig queria 600 milhões de dolares para poder se reeguer em 2006 e o Ministro da Fazenda na época ( Antonio Palocci ) disse Não para este empréstimo.


Muitos brasileiros, alguns economistas famosos naquela época, achavam que dinheiro público não deveria salvar empresas privadas, mas o que dizer agora que o Banco Panamericano está sendo salvo por uma quantia muito maior?


Para a Varig nada. Para outros tudo............e mais alguma coisa.






Para finalizar este texto é bom lembrar a todos que o SNA - Sindicato Nacional dos Aeronautas, sua presidente na época ( Graziella Baggio ) e a direção executiva do SNA concordaram com a venda da Varig, no leilão do dia 20 de julho de 2006, sem apresentar nenhuma ressalva que viesse a proteger os trabalhadores da Varig ( Tanto ativos como aposentados ). Até hoje esta senhora sindicalista e a executiva do SNA enrola a todos dizendo que estamos na reta final do grave problema AERUS VARIG. Já virou um velho e surrado discurso desta senhora sindicalista.


Mas este pessoal, sindicalistas, sempre comungam e comungaram na cartilha do PT e foram sempre cooptados por Lula e sua turma do PT. O que esperar desta gente? Nada a não ser discurso bonito e demagogo.






O capítulo de hoje da novela Tititi onde um personagem quer demitir todo mundo da Editora que comprou para forçar uma outra personagem a se casar com seu filho repete o drama dos demitidos da VARIG. Foram demitidos no início de agosto de 2006 por telefone ou telegrama. Sairam com uma mão na frente e outra atrás e perderam suas poupanças no Fundo de Pensão AERUS VARIG. Os aposentados e pensionistas pertencentes aos Planos I e II estão sofrendo e comendo o pão que o diabo amassou até o dia de hoje, mas LULA, Dilma ( A primeira mulher eleita para presidente da república do Brasil ) e a turma do PT simplesmente queriam tirar de vez a VARIG do cenário da aviação civil brasileira e para isto usaram de todos os meios possíveis para conseguir seu intento.


Fizeram a Petrobras BR, A Infraero cobrarem dívidas ( ameaçando a empresa como um todo ) e até tentaram suspender venda de combustível para a VARIG porque a intenção não era ajudar a VARIG mas sim retirá-la do Cenário da Aviação Civil Brasileira. No final conseguiram e até hoje os trabalhadores da empresa e seus familiares sofrem tamanha omissão e descaso.






Conseguiram colocar em seu lugar a Empresa Aérea preferida deles ( Não preciso dizer o nome da mesma ). Pouco importou para eles que pessoas que trabalhavam na Varig, que seus familiares e os aposentados e pensionistas do Fundo de Pensão Aerus Varig fossem a bancarrota e tivessem suas vidas viradas de cabeça para baixo desde o ano de 2006.






Os meios usados por eles justificaram o Fim.


O fim da VARIG e o fim do Fundo de Pensão AERUS VARIG levando todos os trabalhadores da Varig para o Fundo do Poço.














Assinado: Comissário Aposentado Varig Paulo Resende.


José Paulo de Resende.


Itaipu - Niterói - Rio de Janeiro.

" O Duopólio e o partido único " ROBERTO DA MATTA. Jornal O Globo dia 10 de novembro de 2010

O GLOBO - 10/10







“ O DUOPÓLIO E O PARTIDO ÚNICO “


Estou de novo num aeroporto . Outro dia fui impedido de resgatar milhas , hoje estou numa espera sem justificativa . Impotente , faço como todo brocha : reflito ansioso sobre a situação . Não posso deixar de pensar na Varig e no duopólio > Pois até no monoteísmo , quando só há um Deus , ele é uma Santíssima Trindade e tem uma Virgem Maria Mãe . Tudo a ver com o momento político , já que todo monismo acaba em pluralismo . Finda a eleição que juntou , recomeça o sofrimento do cidadão frente aos velhos problemas que fragmentam . Mas há coerência . Pois , se a promessa é governar para os esfaimados , quem anda de avião é um faminto pagante , o que , convenhamos , não deixa de ser uma versão brilhante do socialismo à brasileira . Seguindo o axioma de Martha Suplicy relaxo e gozo quando em pleno vôo , e, tangido pela fome dos pobres de Deus , devoro barrinhas de cereal e nanosanduiches de fudele de peru com creme de barbear .


Num país onde somente agora , em pleno século 21 , se tenta excluir bandidos dos cargos eleitorais e que começa a ficar incomodado com o fato de os poderosos não terem que seguir a lei e a desconfiar que reclamar é um direito , e não falta de educação , admito que há progresso . Comporto-me , pois , como o anticidadão que sempre fui . Escrevo e, no silêncio que mata , entendo qual é o meu lugar!


No Brasil do antiliberalismo inventou “ partidos democráticos “ cujo objetivo era o de destruir as outras agremiações que , por sobrevivência ou malandragem , deveriam integrar o grande rio ideológico capaz não só de promover o progresso , mas de resolver ( eis a nossa concepção hierárquica de democracia liberal !) – e de resolver de uma vez por todas ! – os grandes problemas com magníficas reformas de base . Na reinvenção do liberalismo , toldamos a liberdade dos outros .


Um desses partidos está no poder . E , se o poder destrói os inimigos , ele cria a arrogância que desmascara os amigos . Com isso , aquele partido ideológico exemplar , que não roubava nem deixava roubar , tornou-se um vasto pântano e pariu um líder nacional personagem e tragicômico . Um grande guia que , com um excepcional populismo popular , subverteu a obsessão monista de sua agremiação , cujo alvo era defender os interesses dos pobres e famintos . No poder, a ilha vira continente . Tal como o Plano Real acabou com a inflação das múltiplas moedas , na esfera política dominante transformou o seu líder no princípio exclusivo do poder .


Não se diz tudo numa crônica . Mas pode-se apontar as transformações não previstas pelo monoteísmo petista . De cara , o enorme papel do cara . Depois o fracasso da ejaculação precoce do ex.capitão do time , o notório Zé Dirceu , ato que liquidou a liderança ideológica e simultaneamente promoveu , com o sucesso do Plano Real e das medidas macroeconômicas que eram a herança maldita do governo tucano , um dinamismo inusitado no consumo com suas contradições e polifonias . Surge então uma dualidade curiosa: os aliados de modernização , como o PSDB , passam a ser inimigos mortais ; e os velhos reacionários – os coronéis dos grotões – tornam-se amigos de coração .


Essas reviravoltas permitiram ao guia escolher e eleger um sucessor feminino virgem do PT e de disputa , onde , como dizia um dos aliados de Lula , expulso da presidência por corrupção , seria preciso ter “ aquilo roxo “ .


No campo do transporte aéreo sucedeu algo semelhante . Uma companhia que dominava e era símbolo nacional foi liquidada . O que era um , virou dois e agora há o orgulho de se viver num momento mágico no qual tudo cabe , inclusive a destruição de uma empresa que recebeu como um estertor o fundo de pensão dos seus trabalhadores logo usurpado pelo governo .


Com o fim do monopólio aéreo , ninguém mais sofre , exceto os passageiros sujeitos a duas empresas que podem escusar o respeito que o ardiloso capitalismo liberal exige de quem paga . Se sou contra isso ? Se escrevo por mágoa porque uma das maiores vilezas do governo Lula foi , além do mensalão , liquidar a Varig que com ela levou meu filho para o cemitério , a resposta direta é um claro , doloroso e sincero SIM !


No plano geral , vale chamar a atenção de como um projeto de poder à stalinista , acabou por promover mais capitalismo e liberalismo . Muito mais do que nos oito anos de FHC . pela mesma lógica , o partido da justiça social liquidou uma enorme empresa sem pensar nos seus trabalhadores . mas o sucesso da eleição de Dilma abala inesperadamente a tese do “ salvador carismático da pátria “ , pois a imagem da mãe está muito mais próxima do liberalismo que se abre a si mesmo , recriando-se diariamente , do que dos velhos autoritarismos que não suportam diferenças .


No plano pessoal , o da tal crônica clássica , porém leve e um tanto carnavalesca , que , dizem os entendidos , é um achado brasileiro , eu confesso que o duopólio aéreo simboliza a morte do meu filho mais velho .


Para ficar no que pode ser dito , ele traz de volta o sofrimento e o desejo humano de restituição , que só vai terminar quando eu morrer .


Não posso ter meu filho de volta , mas posso sublimar a experiência dolorosa de sua perda chamando a atenção para a enorme traição feita com a Varig . Falo com viés , tomo partido . E por que não se isso foi a única coisa que aprendi com o PT e com o Lula ?


Mas com uma diferença fundamental : a morte do meu filho não tem dois pesos e duas medidas , como tudo neste governo , que , felizmente , está indo embora .


Roberto Da Matta

terça-feira, 9 de novembro de 2010

Uma pergunta que não quer calar:

Onde estão o pessoal do SNA, sua ex.presidente e a direção executiva do mesmo?



Dia 12 de novembro de 2010 vai fazer 4 anos e 7 meses que o problema AERUS se arrasta sem solução e mais de 400 pessoas já faleceram sem verem a solução resolvida


Onde estará este pessoal? Tem uma senhora sindicalista, amiga do Lula e da Dilma, que diz sempre que estamos na reta final.


kkkkkkkkkkk. Seria cômico senão fosse trágico.






Devem estar comemorando a vitória da senhora Dilma Rousseff e o quanto eles poderão se beneficiar por mais 4 anos.


Afinal de contas sindicalistas e petistas de carteirinha são e sempre estarão se locupletando com o Poder, principalmente quando o Poder é a República Sindicalista que se instalou no Brasil a partir de Janeiro de 2003. Para estes sindicalistas o importante é o que eles pensam. O meu pirão é o que importa o resto é o resto.






Assinado: Comissário Aposentado Varig Paulo Resende. " O Cricri ".


PS: Mas tem gente nossa que adora acreditar nesta gente.

Lula, o Falastrão. Coluna de Claudio Humberto hoje dia 09 de novembro de 2010

Lula, o falastrão



"Minha popularidade é resultado do meu trabalho, de viajar, de conversar com o povo, de não ter medo de discutir qualquer assunto em qualquer momento". Grande popularidade para Lula e que diz que isto acontece por conversar com o povo e não ter medo de discutir qualquer assunto em qualquer momento. Só se for o Povo do Bolsa Família e a turma dos Petistas e Banqueiros. Ele, Lula, não discute o problema sério dos Aposentados brasileiros e muito menos com trabalhadores que ele e sua turma levaram a bancarrota. (Trabalhadores da Varig). Com este pessoal do Bolsa Família, os Petistas e os Banqueiros o Presidente Lula conversa muito bem e faz de tudo para eles. Para os aposentados brasileiros que vivem a mingua contando os seus míseros benefícios Lula não conversa e não dá a mínima. Quem antes de chegar ao poder dizia que o que faziam com os aposentados era um crime depois de 8 anos de mandato faz o mesmo e o crime antes criticado por ele, Lula, continuou mas intenso ainda. Lula o falastrão! Lula o senhor da verdade e que diz sempre que "nunca antes na história deste país" Deus tenha piedade de todos nós que não votamos em Dilma e no PT.


José Paulo de Resende


Niterói - RJ

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

O PT, o governo do PT e a TAM. Coluna de Claudio Humberto. hoje dia 08 de novembro de 2010





08/11/2010
13:02


O PT, o governo do PT e a TAM


Caro e prezado CH o que esperar da TAM, a preferida do PT, do senhor Lula e também da senhora presidente Dilma, em relação ao conforto para os passageiros? O que esperar desta companhia que é a menina dos olhos do Governo e do PT? Afinal de contas esta sempre foi a companhia aérea preferida por eles. Tanto foi que eles de maneira vil e cruel fizeram de tudo para tirar a VARIG ( como tiraram em 2006 ) do cenário da aviação civil brasileira para entregar tudinho de mão beijada a TAM. Então agora o Povo Brasileiro que aguente a diminuição do espaço entre as poltronas dos aviões da TAM ( a queridinha do PT e do Governo do PT ). O SNA - Sindicato Nacional dos Aeronautas deve estar gostando do que está acontecendo pois como sempre ele, SNA e seus diretores que compõe a executiva do SNA, são subservientes ao Governo do senhor Lula e continuarão a ser assim no Governo da senhora Dilma. A ANAC deve continuar a fazer vista grossa para este absurdo.


José Paulo de Resende


Niterói - RJ